Reflexões

So this is the new year

Ano novo, vida nova. Todos gostamos de pegar carona nessa energia mundial de recomeços para tocar para frente os nossos planos, projetos, metas e afins, porém esse ano resolvi fazer algo diferente para os meus padrões. Resolvi começar algumas das minhas metas já em dezembro de 2017. Peguei toda aquela ansiedade horrível que estava sentindo entre novembro e dezembro e comecei a pensar no lugar que queria chegar e como eu queria estar quando chegasse lá. 2017 talvez tenha sido o ano MAIS CONSCIENTE das coisas que estavam acontecendo a minha volta que eu já vivi na minha vida e, apesar das dificuldades, agradeço a ele por me dar força e me empurrar para frente mesmo quando as coisas estavam exaustivas.

Resolvi começar a colocar as metas para acontecer logo em dezembro do ano passado porque li certa vez que começar vários hábitos de uma vez era algo mais difícil para o seu cérebro assimilar e que muito provavelmente você iria acabar deixando muitas delas de lado e ficar desanimado por não estar conseguindo atingir o que queria, acabando por virar uma bola de neve. Acreditei nisso e há um mês ou menos venho plantando coisas que quero cultivar em 2018, sempre com a mente aberta para uma resposta como o não. 2017 me ensinou muito sobre essa história do o que tiver que acontecer, vai acontecer e acho que isso tira muita pira desnecessária da nossa cabeça.

Tem sido interessante fazer isso porque pela primeira vez na vida comecei a quebrar minhas metas e criar um planejamento (namorem virginianos) de como posso atingi-las. Desde o ano passado venho fazendo minha própria agenda e acho que agora ela pegou formato de bullet journal, mas não achem que é a coisa linda que o pessoal posta nas redes sociais kkkk. Nele eu faço tracking de várias coisas além das metas diárias como exercícios físicos, páginas lidas por dia, se meu intestino tá funcionando de forma regular (tmi). Apesar de sempre ter tido pouca paciência para essas coisas DIY, pintar e fazer umas gracinhas nesse caderno tem me deixado muito leve e muito tranquila e já me peguei pensando que gostaria de aprender tricô.

giphy
As coisas que quero tricotar

Não vou entrar muito em detalhes sobre todas as minhas metas do ano novo, mas tenho uma palavra para me guiar em 2018 e essa palavra é coragem. Coragem para cuidar de mim, coragem para sair da zona de conforto, coragem para pedir perdão e coragem para perdoar também. O mundo está doido e a gente precisa muito ser forte para lidar com toda essa onda de intolerância, ansiedade, FOMO e muitas outras coisas. Há muito tempo venho me maltratando por não sentir que estou vivendo minha vida da maneira que ela deve ser vivida, mas ontem tive uma conversa com as minhas amigas e elas disseram que sentiam a mesma coisa. A gente nunca vai conseguir acompanhar todos os livros, todas as notícias, todos os vídeos e balancear isso com uma vida saudável que inclua estudos, trabalho, amor, amizade e família.

Por causa desse pensamento, esse ano resolvi pegar leve com as minhas metas e parar de colocar no papel coisas como perder 5 kg e coisas assim. Fui ontem na academia e me inscrevi, fiz avaliação física e descobri que estou com 10 kg só de gordura no corpo. A instrutora me perguntou onde eu queria chegar na academia, se queria o corpo do verão, etc, e eu só disse olha, eu poderia dizer para você que quero ser a sarada (que merda de palavra é essa kkk), ter bundão e tudo mais, mas na real eu só quero parar de me sentir cansada o tempo todo e quero ter força para fazer coisas diferentes sem ter medo de me quebrar toda. Falar isso em voz alta foi terapêutico para mim e pela primeira vez descobri que era o que eu realmente pensava (não falei para parecer cool ou me cobrar para aceitar meu corpo). Há muito tempo que deixei de seguir gente fit, só o assunto de gente fitness me dá enjoo e faz eu querer me enfiar em um buraco para nunca mais sair. Minha resolução em relação a isso é ser saudável, permitir que meu sangue seja bombeado pelo corpo todo só porque meu músculo cresceu, sabe? Isso dentro de uma resolução de ano novo que é me amar mais.

Acho que a gente precisa parar um pouco de esperar essa grandes datas de mudanças de ciclo para começar o que de fato queremos. Se você tem a ideia de andar todo dia com seu cachorro, não espere a segunda-feira para começar. Comece hoje na sexta-feira mesmo e pegue toda essa vontade, essa ideia que você teve para executá-la porque como disse Pitty em toda sabedoria não deixe nada pra depois, não deixe o tempo passar, não deixe nada para a semana que vem porque semana que vem pode o tempo chegar. Isso também virou uma das minhas resoluções de ano novo. Faça, mas faça agora. Tem um tom de ordem porque às vezes porque preciso ser dura comigo mesma para conseguir fazer minhas coisas. Adapte e faça o que funciona pra você. Não vai se arrepender. É isso.

Feliz ano novo! ❤

Advertisements

3 thoughts on “So this is the new year

  1. Hey! Feliz ano novo e feliz resoluções novas! Essa energia de recomeço é uma delícia e precisamos trabalhar muito internamente para não desanimarmos com o passar do ano para chegarmos onde queremos! E vamos conseguir! Beijos, querida!

    Like

  2. Cheguei no seu blog hoje pela primeira vez e me senti como se lendo meu próprio desabafo sobre a virada do ano. 2017 acabou com qualquer ilusão de controle sobre a vida que eu pudesse ter, me fazendo me voltar pra dentro, me aceitar pra poder ter paz. de 2018, espero realmente essa coragem de realizar, produzir, criar soluções pra mim conforme for necessário e possível. um corpo e uma cabeça fortes são a base pra gente poder viver de forma produtiva a cada dia, fazer o melhor que der pra fazer a cada momento, qualquer que seja a meta lá na frente.
    boa sorte e aproveite a jornada 🙂

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s